Convivência

Para uma interação sadia comigo, deverás observar algumas regras.

Página em contínua construção.

1. Ao questionar um comportamento meu, dê-me algum incentivo e tempo para mostrar a razão de ele ser adequado à situação. De outro modo, irei considerar tua pergunta ou teu questionamento como mera exibição de insatisfação manipulativa e escolherei ignora-la.
2. Sempre que possível, negocie as condições de nossa interação antes de proceder para a interação. Isto inclui: propor um horário, data, local, protocolo de conversação, etc. Adicionando uma cláusula ‘está regras são válidas para todas as próximas interações se resistência não for encontrada’ ao acordo, isso não será uma tarefa recorrente e pagará frutos de grande valor ao longo da nossa convivência, na medida em que prevenirá o surgimento de empecilhos.
3. Quando enviar um e-mail, ele deve ser assinado. Nem sempre é possível inferir a partir do endereço eletrônico do remetente quem efetivamente enviou o e-mail.
4. Todas as pessoas contam com espaço individual ao redor de seus corpos. Respeite essa distância, principalmente em contatos profissionais ou acadêmicos.
5. A coisa mais importante que um ser humano pode dar a outro é o seu tempo. Encontros profissionais e acadêmicos devem seguir horários bem definidos para começo e término. E tais horários devem ser respeitados.
6. Se você oferecer alguma comida ou bebida para alguém que está encontrando e esta pessoa recusar, não insista.
7. Quando se argumenta com uma pessoa que é contrária às suas ideias, não repita argumentos já apresentados.
8. Jamais use os argumentos da autoridade (conheço melhor do que você), da contra-autoridade (quem é você para dizer isso?), da tradição (sempre foi feito assim) ou da revelação (eu simplesmente sei). Não é racional e, portanto, denuncia seu despreparo para conversar de maneira civilizada.
9. Muitas críticas que você ouve frequentemente espelham o perfil pessoal do crítico. O mesmo vale para as críticas pessoais que você faz. Ou seja, evite discussões prolongadas que demonstrem claramente que nenhuma das partes está disposta a ser flexível. Falta de flexibilidade em relação a uma ideia não é necessariamente uma característica ruim. Mas insistir em discussões que não evoluem é desgastante e uma considerável perda de tempo.
10. Quando você se apresentar a uma pessoa que não o(a) conhece, diga seu nome e sobrenome. Quando introduzir uma pessoa para outra, diga o nome e o sobrenome da parte apresentada. Se for o caso, apresente o título de alguém junto ao nome.
11. Meu nome é apenas o endereço da entidade para o qual sua mensagem será enviada. Não me incomodo em adotador um apelido caso meu nome esteja em choque com o nome de outra entidade (em um dado contexto/espaço de nomes). Meu apelido preferencial é “Yann”.
12. Eu sou capaz de identificar sinais de flerte, mas escolho ignorá-los quase sempre. Se tens uma oferta a fazer, faça-a diretamente e peça uma confirmação de recebimento da mensagem.
13. Se estivermos em um banheiro compartilhado, não inicie comunicação comigo.
14. Não faça contato corporal caso estejas infectado por algum organismo contagioso.
15. Ao formar uma fila indiana, faça o possível para não obstruir o fluxo de pessoas. Não se mantenha à frente de portas e de pontos de concentração, como bebedouros. Dobre a fila se necessário, mesmo que isso o impeça de ficar encostado junto à parede.
16. Ao conversar comigo, concentre-se no que eu digo, não em como eu digo. Tente não assumir algo devido ao modo com que me expressei, se estiver em dúvida, pergunte-me. E.g.: fiquei em silêncio por algum tempo após ter te ouvido, não assuma, devido ao silêncio, que a minha posição sobre o que tu falaste é X ou Y.
17. Não participo de sistemas de alocação de recursos baseados em presentes e/ou em eventos probabilísticos. Não me convide para participar de tais sistemas.
18. Se quiser me dar um presente, pergunte-me antes se eu o aceito. Não recebo itens que não me serão úteis.
19. Se encontrares algo meu perdido por aí, posso te oferecer uma recompensa para que o entregue a mim.
20. Nudez não me incomoda.

CC0 1.0 To the extent possible under law, Anderson N. Nunes has waived all copyright and related or neighboring rights to Convivência.